Girls Rock Camp BR: quem disse que eu não podia?

Hoje o post tinha que ser musical, então, aperte o play antes de iniciar a leitura, esta playlist só tem sons de mulheres que fazem rock! ♫ 

A história que tenho para contar é sobre uma das experiências mais incríveis e inesquecíveis que tive na minha vida, o Girls Rock Camp Brasil.
Aqui em Sorocaba muita gente já conhece, pois em janeiro de 2015, logo logo, acontecerá a 3ª edição do projeto, que com orgulho e muita alegria, participo desde o início.

O GRCBR é organizado e composto 100% por mulheres e meninas, ou seja, as voluntárias da organização e as campistas, que são 60 meninas de 7 a 17 anos que querem aprender a fazer música, ter novas ideias, fazer amizades e se divertir muito!

Durante uma semana do período das férias, estas meninas se encontram em uma escola e passam o dia inteiro fazendo atividades: aprendendo um instrumento de sua escolha, entendendo o que é uma banda e como ela é produzida, compondo letras e melodias, praticando artes marciais e autodefesa, explorando a expressão corporal, praticando suas músicas nos ensaios, aprendendo a fazer serigrafia e fanzines e convivendo com dezenas de mulheres com muitas experiências e ideias para trocar. Para saber com detalhes e ver um pouquinho mais como foram as edições anteriores, acesse este link.

Estas fotos foram feitas por mim durante as duas edições. Não poderiam aparecer os rostos das campistas, apenas nas oficiais, que são feitas pela equipe de registro. Para vê-las, acesse a fanpage: fb.com/girlsrockcampbrasil

 

Mas antes desta semana, a organização para que tudo dê certo no camp começa cedo, com meses de antecedência. Ele é totalmente independente, então conta com contribuições de pessoas, empresas, parcerias e do trabalho voluntário que faz o camp existir.
Todas as voluntárias passam por uma entrevista. Quando somos aprovadas, devemos comparecer antes do camp, para nos conhecermos, entrosarmos, passarmos por um treinamento e nos prepararmos de mente e corpo para a grande experiência que, realmente, é emocionante demais!

As inscrições são concorridas! Quem já participou, como voluntária ou campista, quer sempre participar novamente, e de tanto que a gente adora e fala bem por aí, mais fazemos com que meninas e mulheres queiram participar também.

O resultado desta semana única é simplesmente maravilhoso!
Faz bem para o coração de todas as envolvidas. Nós, voluntárias, achamos que vamos "ensinar" as meninas a tocarem, ajudá-las com questões de auto-estima, a ter atitude própria e desinibí-las ─ como diz o hino do camp, "quem disse que eu não podia?" ─ mas na verdade, nós é que aprendemos muito com elas! 

Elas se despedem do camp com uma música autoral, a qual apresentam ao vivo em um evento aberto ao público, para que todos possam ver e apreciar como elas podem fazer o que quiserem! Sim, elas podem aprender a tocar e fazer a música do jeito que elas gostam, em apenas 5 dias.

Mas o Girls Rock Camp Brasil precisa de apoio para acontecer! 
Os instrumentos utilizados são todos doados ou emprestados, mas o ideal seria que fossem próprios, por isso há um projeto no Catarse para arrecadação de recursos financeiros. De pouquinho em pouquinho, acreditamos que chegaremos lá!

Se você gostou do projeto e quer apoiar, pode contribuir com valores a partir de R$ 15!
Mesmo que pareça pouco, vai fazer muita diferença! Contribua clicando neste link.

Somos um grupo "pequeno" se comparado ao país ou ao mundo, mas esta esperança em mudá-lo e melhorá-lo para todos é o que nos move! De pouco em pouco, chegaremos lá! :)

A playlist ainda não acabou, para ver quais são as músicas nela, acesse o player abaixo: